Todos os julgamentos citados na Bíblia na Escatologia. Israel - Nações - Anjos - Besta
  • Todos os julgamentos citados na Bíblia na Escatologia. Israel - Nações - Anjos - Besta
  • Todos os julgamentos citados na Bíblia na Escatologia. Israel - Nações - Anjos - Besta
  • Todos os julgamentos citados na Bíblia na Escatologia. Israel - Nações - Anjos - Besta

Todos os julgamentos citados na Bíblia na Escatologia. Israel - Nações - Anjos - Besta

Sku: JUL59387D8CCF11FA

NCM: 4901.10.00

Categoria: EscatologiaLançamentos

Marca: Exclusivo da Editora

ISBN: 978-568485101-8

Quantidade Disponivel: 48 un

Promoção 5%
Lançamento

de R$ 34,90

Por R$ 31,66

à vista R$ 28,49 economize 10% no BOLETO ou Caixa Econômica, SANTANDER e Banco Votorantim

Frete e Prazo

Simule o frete e o prazo de entrega estimados para sua região:

Descrição do Produto

Formato: 14x21 / Páginas: 172 / peso: 250 gramas

Alguém ao ler o título “Ex Positis” (isto posto) “Julgamentos numa visão Escatológica”, poderá pensar que seria o cúmulo da loucura? Bom, com termos complexos é res communis ominium (coisa comum a todos).
 
Mais a tônica centralizada está mesmo na sentença interrogativa: Existe um relativismo abstrato ou concreto em conotação expositiva entre a Jurisprudência e a Escatologia? Terminantemente que sim!
 
A justiça escatológica, a juridicidade exegética da Bíblia, a jurisconsultoria da penalização espiritual e a própria Jurisprudência Escatológica, estão espalhadas ao longo das passagens do AT como também do NT. Esta veracidade, por sua vez frenética, também é explícita, não precisa ser togado, escatólogo ou algum outro especialista em Escatofobia, para perceber as correlações entre os dois fatores predominantes. 
 
A dedicatura escatológica tem pleno funcionamento, e é por sua vez existente em um cumprimento do pagamento do Deus Supremo Juiz, entretanto, ninguém ficará sem a sua devida recompensa, tanto em sentido positivo como também em sentido negativo.
 
Os Julgamentos numa visão Escatológica tem sua extensão no pagamento devido a todos os seres que praticaram delitos espirituais ou como é chamado de forma geral pelo Cristianismo: pecado. Em contrapartida, é importante, mas muito importante mesmo destacar que, nem sempre “crime” é “pecado” ou até mesmo o “pecado” seja “crime”. Por exemplo: alguns especialistas brasileiros, dizem que adultério é um ilícito civil e não crime, mas adultério por sua vez continua sendo pecado, mas não é crime; em caso de pedofilia, tanto é crime como é pecado; pregar em países islâmicos é considerado crime, porém pregar a palavra de Deus é pecado?
 
Os Julgamentos numa visão Escatológica nada mais é do que um relato exposto de todos os julgamentos descritos na Bíblia Sagrada. Alguns julgamentos já foram realizados, outros estão em andamento e outros se realizarão no futuro.
 
Seja bem-vindo à nossa exposição jurídica da Bíblia Sagrada, e que todos se conscientizem de que todos passarão por alguns tipos de julgamento: o homem, a mulher, o diabo, os anjos..
Informações do Produto

Agradecimentos 5

Introdução 7

Capítulo um 15

Definição do termo “Escatologia”

Capítulo dois 22

Etimologias de alguns termos do contexto

Capítulo três 35

Julgamento do pecado original

Capítulo quatro 47

Julgamento dos pecados dos crentes

Capítulo CINCO 51

O Julgamento do Tribunal de Cristo

Capítulo seis 61

O julgamento do Anticristo

Capítulo SETE 67

O Julgamento das Nações

Capítulo OITO 77

O Julgamento dos Anjos

Capítulo NOVE 87

Aprisionamento de Satanás

Capítulo DEZ 103

Seção de perguntas e respostas escatológicas

BIBLIOGRAFIA 159

Avaliação dos Clientes
  • Nenhum comentário foi postado para esse produto, seja o primeiro!